Deseja enviar contribuições à revista? Convidamos todos a conferir a seção Sobre a revista e ler as políticas das seções disponíveis, bem como as Diretrizes para autores. É necessário que os autores se cadastrem no sistema antes de submeter um artigo; caso já tenha se cadastrado basta acessar o sistema e iniciar o processo de 5 passos de submissão.

 

                         CHAMADA DE PUBLICAÇÕES – 2020

V. 74, n. 01 (2020): (janeiro-junho)

Tema primeiro semestre: Espiritualidade e Mística no século XXI

Entrega de textos até 15/11/2019

Sem dúvida somos testemunhas de grandes e rápidas transformações que marcam nosso tempo. Alguns afirmam que, mais do que numa época de mudanças, vivemos numa “mudança de época”. Seja qual for a denominação, é fato que estas transformações têm consequências profundas sobre o ser humano como um todo. Nesse sentido, o modo de se relacionar com o divino e com o humano, suas expectativas transcendentais, a busca de sentido ou a falta dele, são vivenciados, buscados e elaborados a partir e dentro de uma imensa gama de ofertas. O quê caracteriza uma espiritualidade para o nosso tempo? Quê aspectos podemos destacar ao tratarmos de mística e espiritualidade na segunda década deste século XXI? Ainda é pertinente falarmos de Espiritualidade e Mística, na sociedade da inteligência artificial, dominada cada vez mais por algoritmos, onde máquinas e robôs parecem cada vez mais ditar os rumos da sociedade, da política, e do ser humano em geral? Diante destes questionamentos, a redação da Revista Grande Sinal optou por propor, para o primeiro semestre de 2020, o tema “Uma espiritualidade e uma Mística para o século XXI”. Os artigos podem ser submetidos à redação, até 15 de novembro de 2019.

 

V. 74, n. 02 (2020): (julho-dezembro)

Tema 2º. Semestre: Lugar e relevância da Mística numa sociedade secular e secularizada

Entrega de textos até 15/06/2020

Para o segundo número do ano de 2020 a redação da Revista Grande Sinal propõe uma discussão sobre a Mística em confronto, relação ou interação com os temas do secularismo e da secularização. Ao mesmo tempo em que avança o secularismo, constata-se o aumento da oferta religiosa de todos os tipos. Verifica-se, concomitantemente, uma “privatização” da religião e o crescente aumento do tradicionalismo, radicalismo e intransigência nas expressões tradicionais de fé. Qual o papel da Mística neste processo? A Espiritualidade ainda tem algo a oferecer? Que tipo de Espiritualidade e Mística? Os artigos poderão ser submetidos à redação até o dia 15 de junho de 2010.