O descanso celebrativo na Encíclica Laudato Si’

  • Wagner José da Rosa
Palavras-chave: Laudato Si’; sacramentais; sábado; descanso celebrativo.

Resumo

O sábado judaico migrou, aos poucos, para o domingo dos cristãos e ressalta a importância do descanso unido à celebração. Objetiva-se perceber como o ser humano está inserido na Criação e ele próprio é criatura junto às demais criaturas. Portanto, o descanso (seja no sábado ou no domingo) se insere na dinâmica da primeira Criação e na celebração do primeiro dia da semana, o dia da Ressurreição, início da nova Criação, fazendo-se necessário em tempos de tantas correrias, poder parar e simplesmente contemplar as maravilhas da Criação.

Biografia do Autor

Wagner José da Rosa

Frade Menor na Ordem dos Frades Menores, graduado em Ciências Sociais e Teologia.

Referências

BECKHÄUSER, Alberto. O jeito franciscano de celebrar: guia da celebração litúrgica franciscana. Petrópolis: Vozes, 2018.
BÍBLIA. Bíblia de Jerusalém. Ed.rev.ampl. São Paulo: Paulus, 2002. BOFF, Leonardo. Ética e ecoespiritualidade. Petrópolis: Vozes, 2011.
______. Saber cuidar: ética do humano - compaixão pela terra. 18 ed. Petrópolis: Vozes, 2012.
BONAVENTURA, Santo. Itinerário da mente para Deus. Tradução e notas de Jeronimo Jerkovic, Luis Alberto De Boni; prefácio de Alessandro Ghisalberti. Petrópolis: Vozes, 2012. (Clássicos da espiritualidade, 9). 2 Reimpressão Março/2016.
DREHER, Carlos Arthur; GASS, Ildo Bohn; WOLLMANN, Lauri J. Festas bíblicas: Pascoa, Expiação, Tendas, Pentecostes, Sábado. São Leopoldo: CEBI, 2011.
FASSINI, Dorvalino Francisco. Fontes Franciscanas. Tradução de
Dorvalino Francisco Fassini, coordenador de Tradução; edição João Mamede Filho. Santo André, SP; Ed. Mensageiro de Santo Antônio, 2004.
IGREJA CATÓLICA. Papa (1978-2005: João Paulo II). Carta apostólica Dies Domini: ao episcopado ao clero e aos fiéis da Igreja Católica sobre a santificação do domingo. Vaticano: Vaticana, 1998.
MCKENZIE, John L. dicionário bíblico. [tradução de Alvaro A. Cunha. Revisão de Honório Dalbosco]. 9.ed. São Paulo: Paulus, 1983.
MERINO, José Antonio. Humanismo franciscano: franciscanismo e mundo atual. Tradução de Celso Márcio Teixeira. Petrópolis: Família Franciscana do Brasil, 1999.
TORRES QUEIRUGA, Andrés. Recuperar la creación: por una religión humanizadora. Maliaño: Salterrae, 1997.
Publicado
26-11-2019